Mostrando postagens com marcador Desapego. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Desapego. Mostrar todas as postagens

domingo, 5 de junho de 2016

Reavalie seu guarda-roupa

Que tal reavaliar tudo que esta dentro do guarda-roupa e manter somente as peças que realmente estão sendo usadas? 
Muitas vezes nem damos conta da quantidade de peças que estão sem uso no guarda-roupa. Aquelas peças compradas por impulso para aproveitar uma promoção, ou aquelas peças que ganhamos de presente e por algum motivo não usamos e nem queremos doar porque foi presente, e aquelas peças que já usamos e deixamos de usar e continuam lá. Nem percebemos que tudo vai ficando uma bagunça e só dificultando encontrar o que realmente precisamos usar.
Crie coragem e acabe com esse problema agora, defina o que é usado e o que realmente tem o seu estilo. 
Vai aqui umas dicas simples para iniciar a organização:
1- Consertos: Verifique se há peças com zíper para trocar, bainhas para fazer, ajustes em roupas folgadas e conserte tudo.
2- Peças velhas: Desfaça-se de roupas que estão guardadas por muitos anos e que não estão sendo usadas.
3- Peças pequenas: É bem melhor se desfazer de peças que não servem mais e que ficaram guardadas, na esperança de perder alguns quilinhos. Livre-se delas. Caso emagreça nem vai querer usá-las.
4- Formatos:
 Depois de abrir espaço no guarda-roupa, vá as compras ou faça trocas. Compre somente peças que combine com você.
Se você é do tipo de pessoa que na maioria das vezes está com o guarda-roupa completamente bagunçado, sabe que nos dias de arrumação, vai encontrar sapatos, bolsas e roupas que nem lembrava. Nesse momento é bom separar o que é novo e o que é velho e doar as peças que já não usa mais.

Beeeeeeeeeeeeeeeeeijoooos

quinta-feira, 19 de maio de 2016

O Banheiro é o ladrão de energia vital!

Sempre gostei de ler, pesquisar e estudar sobre as "energias", Não tenho dúvida que nós temos a capacidade de atrair as energias, seja ela boa ou não. Depois que me especializei em Personal Organizer percebi quanto a tralha, o apego, o desnecessário prejudica, adoece e torna a vida pior. Impressionante como interfere nos relacionamentos dentro de casa. Uma casa bagunçada tem vidas bagunçadas. Percebi que minha ajuda iria além de organizar ambientes e resolvi estudar Feng Shui. A finalidade do Feng Shui é analisar e ativar a circulação da energia vital nos ambientes e pode afetar positivamente os moradores e frequentadores da casa.
Então vou compartilhar com vocês algumas dicas que venho aprendendo com os estudos que faço de Feng Shui.
Alguns fatores são preocupantes, e muitas vezes fazemos sem saber o mal que causamos. O Banheiro é o ladrão de energia Vital. Ele tem a finalidade de retirar para fora da casa através dos canos, ralo e privada todas as impurezas do nosso organismo, também através do nosso banho e higiene pessoal. Resumindo, precisamos ter uma atenção muito especial com ele. 
Então vamos as dicas:

  1. O banheiro deve ficar com a porta sempre fechada, isso evitará o roubo das energias dos ambientes próximos.
  2. A tampa da privada deve ficar sempre abaixada (principalmente na hora da descarga) tampa levantada somente quando estiver em uso.
  3. Mantenha sempre os ralos do chão cobertos ou tampados.
  4. Mantenha o banheiro sempre limpo e arejado com a janela aberta.
  5. Tenha plantas no banheiro, pode ser natural ou artificial.
  6. Tenha sempre um quadro na parede, tapetes e toalhas.
  7. Torne o banheiro um lugar saudável e não deixe torneira pingando e nada de produtos vencidos.

Já que o banheiro é o vilão da casa, vamos cuidar com mais atenção para que este cômodo da casa não dê mais trabalho piorando nossa saúde.

Obs: Somente para esclarecimento, eu não sou consultora Feng Shui, sou somente estudante que agrego os conhecimento ao meu trabalho.

Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijooos!!!

Foto da internet.


segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Pratique o Desapego

Sempre gosto de falar sobre esse assunto porque tudo começa por aqui... Em todas as etapas da organização eu me dedico muito. Mas o meu chamego é o "Desapego" mergulho junto com as minhas clientes no mundo difícil de desapegar das inutilidades.
1. Mexa nas suas gavetas e faça algumas retiradas, ou em cada compra doe um objeto.
2. Participe de grupos de troca ou bazares para que você sinta o gosto de deixar espaços vazios nas gavetas e receber coisas novas.
3. A cada 3 meses ou (estipule os meses que for melhor para você) e mude algum móvel da sua casa de lugar. Isso faz a energia circular e enche sua mente de criatividade. 
4. Combine com o seu parceiro ou com quem dorme na cama com você para revesar o lado da cama. São atitudes simples que ajudam a renovar a rotina, as energias melhoram e você exercita a flexibilidade.
5. Desligue o piloto automático, faça uma coisa de cada vez e olhe cada peça do seu armário para saber se ainda vai usar.
6. Se esforce, tente e experimente tornar cada dia da sua vida diferente. Escolha caminhos diferente para voltar para casa.
7. Prove comidas diferentes, comece um banho ensaboando uma parte diferente do corpo. Tudo isso abre espaço para o NOVO.

O Importante é você perceber que alguns objetos e situações são importantes e fazem parte daquilo que somos, outras não precisam continuar conosco. 
O problema é quando algumas delas já não fazem mais parte e continuamos apegadas e com medo de seguir sem elas. 

Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijoooooossss

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Minimalismo - Meu "Estilo de Vida"

Sabe aquilo que escutamos todo final de ano sobre o desapego e manter apenas o essencial? Pois é, vale para o ano inteiro manter um ambiente de nosso convívio diário somente com o que é necessário e com funcionalidade. O minimalismo é muito atrativo tanto pela quantidade menor de coisas, o que é positivo, como pela tranquilidade de manter a organização e a limpeza.
Tirei essa foto da varanda do meu quarto, três helicópteros sobrevoando na hora  


 "Estilo de Vida" não é muito simples falar sobre isso, já venho algum tempo em processo de mudanças de hábitos e buscando o SER e não o TER. Vivemos em um tempo que TER é associado aquela pessoa que possui muitas coisas e tem muito dinheiro. A cada dia que passa, fica mais claro pra mim que "estilo de vida"nada tem haver com dinheiro, infelizmente enquanto acharmos que o consumo é sinônimo de sucesso, vamos continuar perdendo horas preciosas de nossas vidas... É sobre isso que quero compartilhar com você. Você já ouviu falar em "Minimalismo"?  Sabe o que significa? ConceitodeMinimalismo Em outras palavras significa valorizar o que realmente importa para ser feliz, mesmo que isso signifique abrir mão de outras coisas, é muito mais que um "estilo de vida", é um entendimento que pode nos ajudar se estivermos dispostos a nos livrar dos excessos em favor de se concentrar no que é importante, encontrar a felicidade, a realização pessoal e principalmente a liberdade. 

Grande parte das mudanças acabam acontecendo na vida da gente e são consequências de algo que nos obriga a parar para refletir, isso aconteceu comigo. Quando identifiquei o que não era necessário, comecei a tomar decisões mais conscientes e isso acabou me libertando dos meus medos, das minhas preocupações, angustias e culpas. Precisei entender que meu caminho é priorizar o que me faz feliz... Eu tinha uma coleção de mais 300 cds. Um dia me perguntei, qual a razão de manter essa coleção? Eu só escuto música em aplicativos, internet e outros, porque continuar com a coleção? Além de acumular espaço e poeira (sou alérgica) não faz sentido ter apego a algo que não tem utilidade nenhuma. Quanto menos coisas inúteis eu tiver em casa, menos tempo minha faxineira vai passar limpando. Vendo assim até parece fácil... Confesso que não é nada fácil, esse processo de desapegar ou destralhar do desnecessário é reflexivo, e tenho praticando diariamente há algum tempo. Depois de me livrar das coisas que estavam paradas e sem uso há muito tempo, eu percebi que elas não me faziam falta nenhuma, e viver dessa forma eu me sinto muito mais leve, criativa e disposta para receber o novo. Espero que minha experiência ajude alguém, foi por isso que resolvi fazer esse post. Hoje confesso que depois de tantos problemas e amadurecimento, valorizo as coisas que realmente são importantes como, os gestos, a presença de pessoas e passeios são muito mais que coisas. Prefiro viajar mais, conhecer outros lugares, aproveitar a vida da melhor maneira. Não quero dizer que não preciso mais de coisas, tenho muitas ainda e tem utilidades e estão sendo usadas. 

Cada um deve levar a vida que tem vontade e nessa minha caminhada me deparei com o minimalismo, que cada vez mais tem feito sentido para minha vida. Hoje estou focada no que é realmente é importante pra mim, sinto que a cada dia mais tenho resgatado minha essência e descoberto coisas que eu nem imaginava sentir. É uma revolução e renovação de vida. Quando eu decidi fazer uma dieta de roupas (passei um ano sem comprar nada) pois eu poderia usar todas que estavam guardadas e precisavam ser usadas ou descartadas.  Estou em busca de vida com mais sentido, uma vida mais simples e consequentemente mais feliz. Trabalhar com organização é sem dúvida um desafio diário. Eu gosto de todas as etapas do trabalho que faço como Personal Organizer, a que mais me encanta é ajudar as pessoas a se livrar dos entulhos, dos excessos, das tralhas, das porcarias e lixos "físico e mental" que bloqueiam seus caminhos impedindo a passagem para uma vida melhor, para uma fase gloriosa da vida. Aprender onde MENOS é MAIS! Com esforço, criatividade e vontade de fazer sempre o melhor, procuro tornar a vida das pessoas mais suave e produtiva.

Beeeeeeeeeeeeeeijoooooos....

Paz e Harmonia, eis a verdadeira riqueza de uma família.
Benjamin Franklin

domingo, 27 de julho de 2014

"DESTRALHE-SE"


Texto: Carlos Solano

- "Bom dia, como tá a alegria"? Diz dona Francisca, minha faxineira rezadeira, que acaba de chegar.

- "Antes de dar uma benzida na casa, deixa eu te dar um abraço que preste!" e ela me apertou.

Na matemática de dona Francisca, "quatro abraços por dia dão para sobreviver oito ajudam a nos manter vivos; 12 fazem a vida prosperar".

Falando nisso, "vida nenhuma prospera se estiver pesada e intoxicada". Já ouviu falar em toxinas da casa? Pois são:

- objetos que você não usa,
- roupas que você não gosta ou não usa há um ano,
- coisas feias,
- coisas quebradas, lascadas ou rachadas
- velhas cartas, bilhetes,
- plantas mortas ou doentes,
- recibos/jornais/revistas, antigos,
- remédios vencidos,
- meias velhas, furadas,
- sapatos estragados...

Ufa, que peso!

"O que está fora está dentro e isso afeta a saúde", aprendi com dona Francisca.

- "Saúde é o que interessa. O resto não tem pressa"!, ela diz, enquanto me ajuda a 'destralhar', ou liberar as tralhas da casa...

O 'destralhamento' é a forma mais rápida de transformar a vida e ajuda as outras eventuais terapias.

Com o destralhamento:

- A saúde melhora;
- A criatividade cresce;
- Os relacionamentos se aprimoram...

É comum se sentir:

- cansado,
- deprimido,
- desanimado, em um ambiente cheio de entulho, pois "existem fios invisíveis que nos ligam à tudo aquilo que possuímos".

Outros possíveis efeitos do "acúmulo e da bagunça":

- sentir-se desorganizado;
- fracassado;
- limitado;
- aumento de peso;
- apegado ao passado...

No porão e no sótão, as tralhas viram sobrecarga;
Na entrada, restringem o fluxo da vida;
Empilhadas no chão, nos puxam para baixo;
Acima de nós, são dores de cabeça;
Sob a cama, poluem o sono?.

-"Oito horas, para trabalhar;
- Oito horas, para descansar;
- Oito horas, para se cuidar."

Perguntinhas úteis na hora de destralhar-se:

- Por que estou guardando isso?
- Será que tem a ver comigo hoje ?
- O que vou sentir ao liberar isto?

...e vá fazendo pilhas separadas...

- Para doar!
- Para jogar fora!

Para destralhar mais:

- livre-se de barulhos,
- das luzes fortes,
- das cores berrantes,
- dos odores químicos,
- dos revestimentos sintéticos...

e também....

- libere mágoas,
- pare de fumar,
- diminua o uso da carne,
- termine projetos inacabados.

"Se deixas sair o que está em ti, o que deixas sair te salvará.. Se não deixas sair o que está em ti, o que não deixas sair te destruirá", arremata o mestre Jesus, no evangelho de Tomé. "Acumular nos dá a sensação de permanência, apesar de a vida ser impermanente", diz a sabedoria oriental. O Ocidente resiste a essa idéia e, assim, perde contato com o sagrado instante presente.

Dona Francisca me conta que:

- "As frutas nascem azedas e no pé, vão ficando docinhas com o tempo..." a gente deveria de ser assim, ela diz

-"Destralhar ajuda a adocicar."

Se os sábios concordam, quem sou eu para discordar...

"As pessoas realmente ligadas não precisam de ligação física. Quando se encontram, ou reencontram, mesmo depois de muitos anos, a amizade é tão forte quanto sempre." 

(Deng Ming-Dao )


quarta-feira, 16 de julho de 2014

DE BOAS ENERGIAS VIVE UMA CASA BEM CUIDADA...

Eu quero hoje compartilhar com vocês uma transformação na minha vida! Casada há 33 anos, sempre trabalhei fora de casa, minha rotina sempre foi acordar muito cedo ir ao trabalho e retornar no final do dia. Quando fazia faculdade era ainda pior, retornava para casa a noite. Mesmo com a chegada das filha ( hoje adultas), a rotina não mudou. Minhas "obrigações ou deveres de casa" nunca gostei desse rótulo, enfim, sempre foram feitas por mim a noite ou em final de semana. Mesmo com a ajuda de secretárias ou faxineiras,  eu sempre participava de tudo. Confesso que nunca foi meu ponto forte, fazia porque cresci ouvindo que isso é "serviço de mulher". Resumindo,..kkk eu não aproveitei esse tempo com leveza e doçura de cuidar da casa. Encontrava nos serviços domésticos um sentimento de obrigação e não um benefício para todos da família. Transformação de vida ou maturidade? Não sei...Só sei que agora eu encontro alegria e benefícios para viver tudo isso. 
Hoje eu sinto e percebo que trabalhar em casa é uma arte. Não é um trabalho tão simples, é preciso muita disciplina, concentração, organização e planejamento. É necessário muita atenção para não ultrapassar os limites da vida profissional e pessoal. Muitas donas de casa reclamam (eu também reclamava) porque o serviço de casa não rende. Todo dia é a mesma coisa...e não é bem assim. O planejamento é fundamental para cada rotina de casa. Por este motivo é importante organizar a rotina de casa, da mesma forma que se organiza férias, passeios e vida profissional. É necessário saber aproveitar as horas em casa com mais produtividade, COMO? Aplicando técnicas para organizar, arrumar e limpar. 
Meu jardim
#DICAS: DESAPEGAR - ARRUMAR - LIMPAR

1- DESAPEGAR: Escolha um ambiente da casa, um armário ou uma gaveta. Calma, não precisa fazer isso o dia todo e morrer de cansada e nunca mais voltar a fazer. Retire uma coisa de cada vez, mas faça isso constantemente. Como você achar melhor, toda semana, todo mês? Só não deixe acumular. Veja aquele objeto que você não usa ha algum tempo e sabe que não vai mais usar, aquela peça precisando de conserto e você resolveu guardar e nunca lembrou de consertar. Decida agora, mande conserta ou aproveite para DOAR, VENDER, ou COLOQUE NO LIXO. A melhor coisa para não acumular coisa em casa é a prática do DESAPEGO.
Desapegando das inutilidades.
2- ARRUMAR: Escolha o local que você acha mais bagunçado da casa, pode ser um ambiente, um armário ou uma gaveta, não tente arrumar tudo de uma só vez. Você não vai conseguir deixar tudo em ordem e perderá a motivação. Somente arrume algo que não passe de 30 minutos ou um pouquinho mais. É uma coisa de cada vez, assim você notará dia a dia sua casa arrumada. ATENÇÃO: Tudo que você tirar do lugar deverá retornar ao lugar. Ouça suas músicas prediletas enquanto arruma alguma coisa, tenho certeza que vai passar o tempo bem rapidinho.
3- LIMPAR: Ter um espaço limpo, arejado e organizado é atrair a prosperidade, todos nós desejamos isso. Então vamos aproveitar os momentos em casa para manter tudo limpo, o que deve ser mudado é o hábito. Programe sua semana para limpar uma coisa de cada vez sem interferir nos compromissos. Na hora de escovar os dentes pela manhã limpe a pia do banheiro, assim ela ficará sempre limpa. O mesmo pode ser feito na hora do banho, com uma esponja nos pés o piso ficará sempre limpo. Para os demais ambientes da casa só vai adaptando a rotina da casa. 
 Se essas técnicas funcionam para mim, vai funcionar para você também. Por esse motivo resolvi compartilhar com vocês. São hábitos muito simples e vocês podem até dizer assim "Isso é obvio" sim, mais são muito fáceis também de serem esquecidas, quando estamos distraídas com os trabalhos do dia a dia. As dicas são para ajudar na produtividade e organização do ambiente familiar diário. Afinal, ser dona de casa (chefe da casa) é uma arte, um desafio e um aprendizado diário. 



Experimente viver em um ambiente leve, arrumado e limpo! A casa ganha mais vida, harmonia, foco, agilidade de raciocínio.

Vamos começar????



Beeeeeeeeeeeijooooooos

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Desapego Emocional...

Tem coisa mais difícil do que o desapego? O sentimento de ter, de possuir coisas é muito gostoso... Mas você já experimentou se desapegar? A gente sofre pra se livrar de roupas, sapatos, objetos de todo tipo e passamos anos e anos mantendo coisas guardadas em armários e gavetas sem utilidade e nunca usamos. É, isso também acontece com as nossas MENTES...
Você tem o hábito de guardar mágoas, ressentimentos, raivas e medos? Se você tem... Não sofra assim... Isso é anti-prosperidade!   É preciso criar um espaço, um vazio para que as coisas novas cheguem em nossas vidas. Sempre queremos nos sentir BEM, mas estamos com nossas "gavetas mentas" cheias de sentimentos que não valem a pena carregar. Com essa postura, estamos enviando mensagens aos nossos cérebros e nossas vidas que NÃO confiamos no "amanhã" e que nos contentamos com os velhos sentimentos inúteis! - Então vamos fazer uma "faxina emocional"? Apesar da trabalheira e do cansaço que provoca, sempre vale a pena! Vamos fazer faxina?
Arejar espaços, fora e dentro da gente faz um bem enorme!!! Vamos lá? Mãos à obra!!! Chegou a hora de se desfazer do que já perdeu a cor e o brilho e deixar o NOVO entrar em nossas MENTES, nossos CORAÇÕES e nossas VIDAS! Não tenho dúvida que tudo vai ficar mais leve, suave e tranquilo depois da faxina. O desapego "ventila"a vida e abre espaço pra coisas novas, limpar a mente trás leveza para nossos pensamentos...É verdade, a gente se apega até relacionamentos errados. Enfim, descobrimos que merecemos mais, mais e mais...


PENSE NISSO...


Beeeeeeeeeeeeeeijooooooos!!!!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Desapego dos meus livros!

É chegada a hora  de mais um desapego, fico querendo deixar para depois e agora não tem jeito. Um dos meus maiores pontos fracos é desapegar dos meus livros.
Comecei o desapego ano passado, doei quase 100 livros e agora precisei retomar. A pequena biblioteca que tenho em casa só aumenta a quantidade de livros. Muitos anos da minha vida comprando, ganhando e a coleção só aumentando, sem contar com aqueles que foram emprestado e não voltaram. 
Então resolvi me perguntar: E para que? Qual a utilidade daquele montão de livros?  Juntar poeira? Raramente ou quase nunca releio algum, mas para quê ler um livro repetido se tem tantos novos para ler? Então... depois de muito pensar, comecei a separar vários. Vou doar? trocar com amigos? Eu adoro livros certo? Então que tal trocar os que eu tenho por livros novos? 
Amigos que tenham livros que já leram e queiram novos, venham trocar livros comigo! Assim, a gente tem sempre livros novos, sem precisar comprar.
Por enquanto é isso, alguns vou doar se não conseguir trocar, porque sei que não vou querer ler de novo e não vale a pena guardar. Livros precisam ser lidos e não nas estantes cheios de poeira. E vou indo aos poucos...

O desapego só tem me ajudado, uma descoberta da liberdade, autoconhecimento e reflexão!


Beeeeeeeeeeeeeijoooooosss!!!!